A Intel anunciou o lançamento de um novo módulo para notebooks que combina uma CPU Core i de oitava geração, uma GPU dedicada AMD Radeon e um pacote de memória RAM do padrão HBM2 (comparável à GDDR5) em uma só placa. O que chama mais atenção no módulo é o seu tamanho bastante reduzido, o que pode dar origem a notebooks mais finos e leves no futuro próximo, mas por incrível que pareca, o que mais chama atenção aqui é a parceria entre as rivais por décadas Intel AMD.

 

Intel

A Intel e AMD anunciaram uma parceria para construir um módulo para notebooks que combina uma CPU Core i de oitava geração, uma GPU dedicada AMD Radeon e um pacote de memória RAM do padrão HBM2 (comparável à GDDR5) em uma só placa.

 

Já ouve uma parceria entre as empresas, elas já colaboraram em um projeto publicamente, aconteceu nos anos 1980 e, desde então, ambas vêm pregando batalhas pelo mercado de chips para computadores desktops e notebooks. Enquanto a Intel teve mais sucesso no campo das CPUs, a AMD se especializou em GPUs. A Intel afirma que esse novo módulo foi desenvolvido para os consumidores entusiastas, que gostam de ter um hardware potente para jogar ou executar tarefas de criação de conteúdo. O grande beneficio, é que, com isso, seria possível obter um bom poder de processamento computacional e gráfico em máquinas menores e mais leves.

As fabricantes poderiam usar esse módulo para economizar espaçou ou simplesmente aproveitar para incluir novos componentes dentro de seus dispositivos, como sistemas de resfriamento mais eficaz, bateria com mais ou mesmo modems para conectividade 4G.

 

AMD

A Intel e a AMD são grandes rivais no mercado mundial de processadores.

 

Essa união de vários componentes em um só módulo, segundo a Intel, só foi possível graças à Embedded Multi-Die Interconnect Bridge (EMIB), uma ponte para conexão de chips distintos que possibilita uma alta transferência de dados a pequenas distâncias.

A grande responsável por esta novidade explica que o primeiro dispositivo que contará com esse novo módulo será lançado no mercado para o consumidor final no primeiro trimestre de 2018, mas não sabemos se a empresa fala da DellHPLenovoMicrosoftApple ou qualquer outra grande fabricante de notebooks com processador.

 

Não deixe de curta nossa Fan Page no Facebook e nos siga no Instagram:

 

Cadastre seu email gratuitamente para receber nossas atualizações:

Delivered by FeedBurner

Se Gostou, Confira Mais Abaixo